© Mercure Engenharia Integrada Ltda.

Av. Plínio Brasil Milano, 805/501 - CEP 90520-002

Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS

contato@mercureengenharia.com.br

(51) 98936-8118 | (51) 3557-9631

Caixa reduz juros do crédito imobiliário com recursos da poupança

04/09/2018

A Caixa Econômica Federal reduziu na última sexta-feira (24/08) as taxas de juros do crédito imobiliário para operações com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). As taxas mínimas passaram de 9% a.a para 8,75% a.a, no caso de imóveis dentro do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e de 10% a.a para 9,5% a.a, para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI).

 

 

Além da redução de juros, a Caixa subiu o limite de cota de financiamento de imóveis usados de 70% para 80%. “Cabe à Caixa como principal agente financeiro da habitação continuar oferecendo as melhores taxas e condições para os nossos clientes, além de colaborar com a retomada de investimentos do mercado imobiliário e suas cadeias produtivas”, destaca o presidente da instituição, Nelson Antônio de Souza.

 

Em 2018, a Caixa conta com R$ 82,1 bilhões disponíveis para o crédito habitacional. O banco mantém a liderança no setor com 69,3% das operações para aquisição da casa própria. Em abril, o banco reduziu em até 1,25 p.p. as taxas de juros do crédito imobiliário para operações com recursos do SBPE. A instituição também promoveu melhoria das condições no financiamento de imóveis para pessoa física. O limite de cota de financiamento do imóvel usado subiu de 50% para 70%. A Caixa também retomou o financiamento de operações de interveniente quitante (imóveis com produção financiada por outros bancos) com cota de até 70%. Em julho o banco reduziu em média de 1 a 2 pontos percentuais ao ano as taxas do crédito imobiliário para pessoa jurídica.

 

Estão enquadrados no SFH os imóveis residenciais de até R$ 800 mil, para todo País, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, onde o limite é de R$ 950 mil. Os imóveis residenciais acima dos limites do SFH são enquadrados no SFI.

 

 

Via CBIC.

Compartilhar
Please reload

Notícias em Destaque

Financiamentos imobiliários em dezembro têm maior alta de 44 meses

01/02/2019

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo