Search
  • mercureengenharia

Caixa reduzirá juros em crédito habitacional


Por G1.

O resultado da Caixa Econômica Federal em 2017 foi o melhor da história graças à redução de custos e esforços internos, disse nesta segunda-feira (19) o presidente do banco, Gilberto Occhi, acrescentando que o balanço será divulgado até semana que vem.

Prédio do Minha Casa Minha Vida

Segundo ele, a Caixa vai reduzir até o fim do mês os juros do crédito habitacional com recursos da poupança. Occhi ainda afirmou que as portas do banco estão abertas para renegociação da dívida da CSN.

Reportagem do G1 publicada nesta segunda-feira, mostra que o volume de crédito imobiliário concedido pela Caixa caiu 31%, na comparação com o mesmo mês do ano passado, e que o banco foi ultrapassado por concorrentes pelo 3º mês consecutivo.

Prédios do Minha Casa Minha Vida

De acordo com o executivo, a Caixa tem um orçamento para 2018 de R$ 82,1 bilhões para investimentos habitacionais no país. Do total, R$ 58,8 bilhões virão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), R$ 12,7 bilhões do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e o restante de outras fontes.

"Temos 82 bilhões para habitação em 2018... sempre há revisão dos investimentos em habitação a cada semestre para que a gente possa efetivamente investir", disse Occhi em um seminário sobre habitação no Rio de Janeiro.

Occhi afirmou que a meta da Caixa e do governo é financiar cerca de 650 mil novas unidades habitacionais, especialmente do Minha Casa Minha Vida, nos próximos anos. Para auxiliar nesse processo nos próximos anos, o presidente da Caixa disse que conversa com o governo sobre a criação da Letra Imobiliária Garantida (LIG), que seria complementar à caderneta de poupança.

#MCVC #MercadoImobiliário