© Mercure Engenharia Integrada Ltda.

Av. Plínio Brasil Milano, 805/501 - CEP 90520-002

Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS

contato@mercureengenharia.com.br

(51) 98936-8118 | (51) 3557-9631

_ PLANO DE MANUTENÇÃO

Com o Plano de Manutenção é possível planejar a manutenção preventiva do seu condomínio, gerando economia e segurança nas tomadas de decisão

O que é?

Elaborado conforme as recomendações da NBR 5674, o Plano de Manutenção Predial é a ferramenta mais importante à disposição dos síndicos para evitar problemas no seu condomínio.

De posse do Plano de Manutenção, o síndico pode tomar decisões com maior antecedência, segurança e assertividade, resultando em uma gestão mais eficiente e econômica, seguindo a lógica do controle de qualidade e de custo.

Como é elaborado?

O programa deverá levar em consideração aspectos específicos de cada edificação, tais como:

  • tipologia, complexidade e regime de uso da edificação;

  • sistemas, materiais e equipamentos;

  • idade;

  • expectativa de durabilidade dos sistemas;

  • condições climáticas e ambientais do local da edificação;

O processo de elaboração do Plano de Manutenção depende se o edifício está em fase de projeto/construção ou se foi entregue pela construtora e já está sendo utilizado pelos moradores.

Edifício em fase de projeto/construção

Nesta fase, é recomendado que a elaboração do Plano de Manutenção seja realizada junto com a produção dos Manuais de Uso, Operação e Manutenção do empreendimento. No Manual, é possível consultar o memorial descritivo do edifício, onde estão relacionados todos os seus sistemas, subsistemas e componentes. Este é o ponto de partida da correta elaboração do Plano de Manutenção, que vai contemplar a frequência e por quem deve ser realizada a manutenção preventiva condominial.

01

MANUAIS

02

MEMORIAL DESCRITIVO

03

SISTEMAS, SUBSISTEMAS E COMPONENTES

04

PLANO DE MANUTENÇÃO

05

PERIODICIDADE E RESPONSABILIDADES

Edifício entregue/em uso

Quando o edifício já está em uso, recomenda-se que seja realizada, inicialmente, a avaliação de todos os seus sistemas, subsistemas e componentes, através de Vistoria Técnica, para quantifica-los e qualifica-los.

Realizada a Vistoria Técnica é possível elaborar o Plano de Manutenção, que irá determinar a frequência e responsabilidade da manutenção preventiva, além de indicar a devida manutenção corretiva dos problemas identificados no imóvel, os riscos associados e quais devem ser priorizados na hora da tomada de decisão por parte do síndico.

01

VISTORIA TÉCNICA

02

MEMORIAL DESCRITIVO

03

SISTEMAS, SUBSISTEMAS E COMPONENTES

04a

IDENTIFICAÇÃO DE PROBLEMAS

05a

RISCOS ASSOCIADOS

06a

TABELA DE PRIORIDADES

04b

PLANO DE MANUTENÇÃO

05b

PERIODICIDADE E RESPONSABILIDADES

Benefícios e mais!

 

Ao contratar o Plano de Manutenção com a Mercure, seu condomínio ainda receberá o Calendário de Manutenção com informações referentes à periodicidade e responsabilidade pela manutenção de cada um dos sistemas do prédio, um serviço exclusivo que facilita e profissionaliza ainda mais a gestão condominial.

Benefícios ao implementar o Plano de Manutenção:

  • gestão profissional;

  • planejamento a longo prazo;

  • otimização da administração de recursos;

  • implementação de manutenção preventiva;

  • economia;