Search

Consulta nacional avalia norma técnica de inspeção para edificações

Consta em consulta nacional até o dia 14 de fevereiro, o Projeto da ABNT NBR 16747 – Inspeção predial – Diretrizes, conceitos, terminologia, requisitos e procedimento, aplicada às edificações de qualquer tipologia, públicas ou privadas. A Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) ressalta a importância da participação do setor da construção na consulta. O Grupo de Acompanhamento de Normas Técnicas (GANT) da Comat/CBIC, por meio do Portal de Normas Técnicas da entidade, tem divulgado o status do projeto e as reuniões que aconteceram para sua revisão. Pela Norma em consulta, a atividade de inspeção predial visa c

Retomadas obras da trincheira da Cristóvão Colombo

As obras da trincheira da avenida Cristóvão Colombo foram retomadas nesta segunda-feira, 21. Em uma força-tarefa da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim), Procuradoria-Geral do Município (PGM) e Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) foi possível receber legalmente a doação de material por parte dos moradores da região. A conclusão do muro de contenção e outros ajustes vão permitir a liberação provisória da trincheira nos dois sentidos até o mês de março. Atualmente 85% da obra esta concluída. O trecho em obra tem 60 metros e é a passagem por baixo da avenida Dom Pedro. Após encerradas as atividades, o fluxo pela Cristóvão entre a Plinio Brasil Milano e

Parque Pontal recebe última licença para iniciar obras em Porto Alegre

Depois de 14 anos, saiu a última licença para o início das obras do Parque Pontal, que será montado no Pontal do Estaleiro, em Porto Alegre. A licença que faltava era do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que fiscaliza as condições de arqueologia do terreno. O documento era o último que faltava para que as escavações pudessem começar. Com aporte financeiro de mais de R$ 300 milhões, o empreendimento terá 114 mil m² de área construída, incluindo shopping center com 25 mil m² de área bruta locável, capaz de abrigar 163 lojas em três pisos - sendo que a megastore da Leroy Merlin será uma das cinco âncoras -, além de restaurantes, praça de alimentação e cinema. També

Chega a Porto Alegre imobiliária que dispensa seguro-fiança e cartório

Tem empresa chegando a Porto Alegre com planos ousados na bagagem. A startup QuintoAndar, que se caracteriza por simplificar e baratear a intermediação de aluguel de imóveis residenciais, passou a operar na capital gaúcha. No segmento, era um desembarque esperado, tanto que já havia movimentos na mesma direção. Mas Gabriel Braga, que fundou o negócio em São Paulo com o colega de MBA em Stanford André Penha, disse à coluna que a meta é mesmo ambiciosa por aqui: alcançar 50% do mercado de imóveis disponíveis em dois ou três anos. Na avaliação de Braga, no período de testes, que ocorreu entre Natal e Réveillon, a reação foi melhor do que esperada, o que ajuda a sustentar essa expectativa. Penha

Moscou exige exame de saúde mental para negociações imobiliárias

O apartamento de um quarto de Elena Y. Kotova nos arrabaldes de Moscou começou a ficar pequeno demais. Seu filho tinha quase 4 anos. Ela e o marido tinham bons empregos, ela como economista e ele como gerente de uma empresa de construção. Estava na hora de comprar uma nova casa. Encontraram um apartamento de dois quartos e conseguiram uma hipoteca, e também um comprador para a sua antiga casa. À medida que o fim das tramitações se aproximava, o casal precisou realizar outra tarefa. Ambos precisavam de uma certidão de sanidade mental expedida por um psicólogo. “Eles vão considerar a nossa situação psicológica”, ela explicou. “Se tudo estiver normal, nos darão o documento”. A certidão, que pre

FIERGS vê em 2019 o início da superação da crise

Economia e Negócios A queda no endividamento das empresas e das famílias nos últimos três anos, o alto grau de ociosidade das fábricas, a inflação controlada e os juros reduzidos são alguns fatores que contribuem para criar um ambiente favorável à recuperação da economia brasileira em 2019. A análise é do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry, para quem o ano de 2018 se encerra também com a indústria gaúcha e nacional tendo deixado para trás a mais profunda recessão já registrada. “Mesmo assim, ainda há um longo caminho a ser percorrido para que a recuperação efetiva do que foi perdido nos últimos anos de fato ocorra”, destaca. Entre 20

Caixa já pratica juros de mercado no crédito imobiliário

As taxas cobradas pela Caixa Econômica Federal costumam balizar o mercado de crédito imobiliário, mas não são necessariamente as menores em todas as linhas de financiamento, sobretudo naquelas que não são subsidiadas pelo governo. Na segunda-feira (7), o novo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que a classe média terá de pagar juros de mercado para o financiamento habitacional. "Quem é classe média tem de pagar mais. Ou vai buscar no Santander, Bradesco, Itaú. E vai ser um juros de mercado [na Caixa Econômica Federal]. A Caixa vai respeitar os juros de mercado", declarou. Desde o ano passado, os juros cobrados pelos principais bancos nas linhas financiadas com recursos da caderneta

Prefeitura de Porto Alegre comemora projeto com investimento de R$ 850 milhões.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior recebeu nesta quinta-feira, 16, os empresários André Meyer e Cristina Kisslinger, proprietários da Belvedere Empreendimentos Imobiliários. Eles apresentaram o projeto final do empreendimento de R$ 850 milhões. “Finalmente, após 20 anos, o projeto vai sair do papel”, disse Meyer. A torre comercial, com acesso pela rua Cristiano Fischer, terá 32.000m2 de área construída; 431 vagas de estacionamento; uma praça e uma loja de 4.000m2 com frente para a futura avenida que será construída entre a Salvador França e a Cristiano Fischer. A previsão de inauguração é 2021 e o investimento chega a R$ 200 milhões. Segundo os empreendedores, o shopping terá 146.500m2 de ár

2019 será melhor para o mercado imobiliário

A redução das incertezas após a eleição deve dar início a um novo ciclo para o mercado imobiliário, avalia o presidente da MRV, Eduardo Fischer. A construtora, que focou nos últimos cinco anos no consumidor de baixa renda, pretende voltar a lançar imóveis de maior valor.O déficit habitacional do País, que já era elevado, aumentou em mais de 220 mil imóveis entre 2015 e 2017, batendo recorde. A seguir, trechos da entrevista do executivo ao periódico. 2019 deve ser um ano melhor para o mercado imobiliário? Nesse setor, é preciso sempre tentar antecipar os próximos três anos. Mesmo em 2014, quando o desemprego estava baixo, já se vislumbrava que seriam anos difíceis pela frente, mas 2019 deve s

© Mercure Engenharia Integrada Ltda.

Av. Plínio Brasil Milano, 805/501 - CEP 90520-002

Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS

contato@mercureengenharia.com.br

 

(51) 99362-7638

(51) 99325-1131

(51) 3557-9631